Redação - Exploração da pobreza

sexta-feira, 31 de julho de 2015


Tendo por base este filme, escreva uma redação com o tema: Exploração da pobreza.
Atividade para o 1º ano "A", "B" e "C";
30 linhas (exatamente);

Ficha técnica do filme
Título original: Quanto vale ou é por quilo?
Gênero: Drama
Duração: 104min
Lançamento (Brasil): 2005
Direção: Sérgio Bianchi
Roteiro: Sérgio Bianchi, Eduardo Benaim e Newton Canitto
Produção: Patrick Leblanc e Luís Alberto Pereira
Fotografia: Marcelo Copanni
Edição: Paulo Sacramento

Sinopse
Quanto vale ou é por quilo? 
É um filme baseado em um conto de Machado de Assis que propõe uma reflexão sobre a sociedade brasileira escravocrata do século XVIII e a contemporânea.
Em diversos momentos, o filme retrata que a escravidão, os capitães do mato eram atores de uma história escrita no passado. Mas, em outros, que tais “personagens” ainda escrevem a história do nosso cotidiano...
No período escravocrata, homens-escravos foram fonte de lucro e uma moeda corrente paralela aos contos de réis. A exploração humana era fonte de status e riqueza. O filme mostra, dentro dessa perspectiva, que o trabalho e o lucro de muitas ONGs se baseia no mesmo princípio quando analisado o Brasil atual que tem praticado a exploração da miséria humana/exploração da pobreza.

Orientação para desenvolver a redação
·       Tipologia textual: dissertativo-argumentativo. O texto dissertativo-argumentativo é o modelo de produção textual mais solicitado em concursos públicos, vestibulares, bem como no meio acadêmico. Está presente no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.
·       Faça perguntas relacionadas ao assunto. O enunciado indica que o candidato deve usar os “conhecimentos construídos ao   longo de sua formação”: o que foi aprendido na escola e fora dela! Pergunte-se:  “O que sei sobre isso?”; “O que já li ou ouvi a respeito?”; "Que elementos apresentados no filme podem estar relacionados ao assunto?"; “Qual é minha opinião sobre o tema?”; "Que argumentos podem servir para defesa de meu ponto de vista?".
·       Pense na situação-problema relacionada ao tema. Identifique a causa, as consequências e as possíveis soluções (proposta de intervenção).
·       Elabore o texto de acordo com a proposta. Uma das dificuldades dos estudantes é organizar o texto de modo a apresentar a argumentação com eficácia no limite estipulado – 30 linhas (exatamente). Assim, é preciso aplicar a capacidade de síntese, a fim de que sua linha de raciocínio possa ser expressa adequadamente, não ficando aquém nem extrapolando isso. Para tanto, deve-se selecionar argumentos, informações, opiniões, fatos que sejam pertinentes e possam contribuir para que o texto seja coeso, coerente e tenha seu conteúdo linearmente desenvolvido dentro do que fora solicitado.
·       Estrutura: "Tradicionalmente, costuma-se dividir o texto dissertativo em três grandes blocos, um modelo que não deve ser compreendido como 'uma receita de bolo', mas, sim, como 'um mero recurso didático que visa a nortear o redator sobre a estrutura básica do texto'". (LEITÃO, 2011, p. 20). 
Fonte: Conversa de Português: http://conversadeportugues.com.br/2015/02/como-organizar-o-texto-dissertativo-argumentativo/

Bom estudo!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Liceu Filosofia © 2015 | Desenvolvido por David Edson