(LF-2015) TEMAS PARA SEMINÁRIO.

quinta-feira, 7 de maio de 2015



O intuito da apresentação das fontes de consulta de temas para seminários e tutorias coaduna com o princípio da legitimidade intelectual sobre os assuntos. Pois, sabemos que nosso público do Ensino Médio está ingressando num processo de amadurecimento filosófico e sociológico, e que portanto, faz leituras da realidade que o cerca, no entanto as fontes de leituras extraescolares pendem para vícios ideológicos, proselitistas e partidaristas. Resultando, portanto no engessamento do senso comum em sua jornada estudantil.
Nesse sentido, selecionamos algumas fontes especializadas em assuntos da complexidade social, como por exemplo:

Raça: 
Fundação Palmares
 
IPEA-Afro

Movimento Negro Unificado 

Nucleo de Estudos da Religião - UFRGS

Secretaria de Políticas da Igualdade Racial da Presidência da República


Gênero e Sexualidade:

Agentes da Cidadania LGBT

CFEMEA

LGBT - Conselho Regional de Psicologia de SP

Universidade Livre Feminista


Política:

Brasil Escola

IPEA

Confira no link Abaixo:
Carta Capital
Diário do Centro do Mundo
Tijolaço


Políticas Públicas

O que são Políticas Públicas?

IPEA

Políticas Públicas do Distrito Federal


Para consulta às Políticas Públicas nacionais consulte o subtema específico: saúde, educação...

Mais algumas políticas públicas específicas podem ser encontradas nos links abaixo:
Inesc
Geledés
MEC

Especificações de algumas sugestões avulsas:
 
O Instituto de Estudos Socieconômicos-INESC disponibiliza em sua página publicações dos mais variados temas, que podem contribuir para o estudo aprofundado das questões de gênero (identidade, diversidade, violência), raça (identidade, desigualdade, racismo, preconceito, cotas), questão social, violência, economia, políticas públicas, política.

O Geledés, é um site que aborda em forma de artigos virtuais temas das áreas racial e de gênero.
Acesse: Artigos do GELEDES

A Carta Capital é uma revista (impressa e virtual), cuja finalidade é passar ao público crítico informações, opiniões e comentários bem fundamentados acerca dos mais diversos assuntos. Suas colunas, matérias e artigos têm ganhado cada vez mais credibilidade entre o público intelectual brasileiro, pois não só noticia fatos, mas os denuncia e responsabiliza seus autores.
Na linha crítica encontramos artigos de opiniões em alguns sites e blogs. Embora não possuam sistematicidade acadêmica ou jornalística contribuem para denunciar abusos, acatar opiniões de leitores e seguidores acerca dos temas apresentados. Essa modalidade de expressão é fundamental para a democratização do conhecimento e das informações, pois a unilateralidade das fontes formais, ou mesmo das fontes de opiniões sacralizadas engessam os fatos transformando-os em ideologias e partidarismos inconfessos.
Nesse sentido, indicamos algumas fontes mais conhecidas que podem contribuir para o posicionamento crítico dos tutorandos e possibilitar, concomitantemente, o abandono das cristalizadas ideologias do senso comum, dos meios de comunicações em massa acrítcos-partidaristas e dos dogmas confessionais e culturais:

0 comentários:

Postar um comentário

 
Liceu Filosofia © 2015 | Desenvolvido por David Edson